Entre em contato:

What'sApp: (21) 979640613
E-mail: atendimento@shopmedical.com.br
Visite nossa loja: www.shopmedical.com.br

domingo, 2 de maio de 2010

Dores do Trabalho


Preste atenção na sua maneira de trabalhar. Você chega a passar quase oito horas por dia, sentado, em frente ao computador, com os ombros curvados? Ao atender o telefone do escritório, você contorce a coluna ou levanta os ombros? Você trabalha dirigindo por longas horas, sem intervalo? Ao carregar peso, você força a coluna para trás? Cuidado! Você pode ser mais um dos trabalhadores brasileiros que está desenvolvendo problemas na postura, por causa de vícios adquiridos na atividade ocupacional. 

Esses problemas surgem, de acordo com os especialistas, após longos anos adotando posturas erradas. Quem mais sofre, inicialmente, são os músculos da coluna vertebral, principais responsáveis pela sustentação do corpo. Ao fazer movimentos de forma inadequada, alguns músculos, que não deveriam trabalhar naquele momento, acabam fazendo um trabalho compensatório para que o corpo possa se mover. Isso, ao longo dos anos, provoca a fadiga e o encurtamento das estruturas musculares. 

O próximo passo é o aparecimento da dor. ``A dor é o aviso de que já há algo errado e você tem que cuidar``, alerta o médico ortopedista Antônio José Alencar de Castro, da Sociedade Brasileira de Ortopedia. As profissões que mais tendem a apresentar o sintoma, de acordo com o fisioterapeuta Helder Montenegro, são aquelas que obrigam o trabalhador a passar muito tempo sentado, fazendo movimentos de curvamento da coluna, anteriorizando o tronco. Isso, além de enfraquecer os músculos de sustentação da região superior da coluna (cervical), sobrecarrega os músculos da região inferior (lombar), conforme explica o fisioterapeuta. 

Pessoas que trabalham em escritório, caixas de banco ou de supermercado, dentistas e motoristas são os mais atingidos. O ortopedista alerta que os motoristas devem ficar ainda mais atentos, pois os movimentos vibratórios que o carro realiza podem causar, com mais intensidade, pequenos traumas nas estruturas da coluna. 

Doenças 
O médico do trabalho Roberto Amauri Silva lembra ainda que a má postura pode favorecer a manifestação de doenças ocupacionais que não estão diretamente relacionadas à coluna, como as Lesões por Esforço Repetitivo (LER) e as inflamações do aparelho locomotor (tendinites, bursites). Para ele, é o trabalho repetitivo, associado a fatores como sedentarismo e obesidade, o principal responsável pelo agravamento das doenças relacionadas aos vícios posturais. 

Para prevenir a má postura adquirida no trabalho e manter o equilíbrio entre os músculos, os ossos, as articulações, a fisioterapia Isabel Studart recomenda a prevenção. Além de tentar usar a musculatura corretamente, ``sem forçar``, ela sugere que os trabalhadores evitem a atividade repetitiva, durante muito tempo sem pausas, e passem a adaptar o ambiente de trabalho à postura correta. Associado a isso, ela recomenda um tratamento de reeducação postural, com um fisioterapeuta, e a prática de atividades que fortaleçam a musculatura. ``Dessa forma, os músculos vão trabalhar com menos força e evitar o aparecimento de patologias ortopédicas``.