Entre em contato:

What'sApp: (21) 979640613
E-mail: atendimento@shopmedical.com.br
Visite nossa loja: www.shopmedical.com.br

sábado, 5 de outubro de 2013

Luxação do Cotovelo

Sintomas
Esta luxação, bastante rara,
 resulta de uma queda sobre a mão, com o antebraço em ligeira flexão em relação ao braço. A dor é imediata e lancinante. O cotovelo fica muito rapidamente deformado ao nível da sua região posterior. No cúbito, que deslizou por baixo e por três do úmero, forma-se uma tumefacção. O braço pende ao longo do corpo, com o antebraço no prolongamento do braço.
Pessoas mais em risco 
Desportistas (equitação, ciclismo, judo) e vítimas de acidentes rodoviários. Rara em pessoas sedentárias ou idosas. 

Porque dói? 
A dor é provocada pelo estirarnento da bainha fibrosa que envolve a articulação e a ruptura dos ligamentos que reforçam essa estrutura. A luxação mais normal é fi que diz respeito à articulação úmero-cubital (entre o úmero e o cúbito). A luxação está muitas vezes associada a uma fractura do cúbito, pelo que a dor pode também resultar da fractura.
O que pode fazer?
Não tente nada para reduzir a luxação (isto é, repor a articulação no lugar), pois as complicações podem ser mais graves que a própria luxação. 
Aplique gelo envolvido num pano sobre o cotovelo para aliviar a dor.
 
Dirija-se às urgências do hospital da sua área.
Que tratamentos?
Cirurgia, ortopedia e cinesiterapia 
O tratamento é estritamente ortopédico. Após verificação  através de raios X de que não há fractura, os ossos são realinhados sob anestesia geral no bloco operatório. O internarnento dura 24 a 48 horas. O braço fica imobilizado por um
 dujarrier (flectido a 90º) durante 15 dias e a reabilitação  dura 1 mês a 45 dias.
Depois da redução, o doente não sente dor em repouso. Todavia, para evitar as dores durante os exercícios de reabilitação, o médico poderá prescrever um antálgico antes de cada sessão.
As outras medicinas 
Acupunctura 
É uma ajuda importante nas luxações recidivantes.
Osteopatia 
Em período de consolidação e de reabilitação, a osteopatia intervém de modo benéfico. As técnicas funcionais (jones, crânio-sagrada, fascias) actuam sobre a microcirculação local e a drenagem venosa e linfática. Os resultados são irregulares.
Que prevenção? 
Não há quase recaídas neste tipo de luxação. A prevenção da dor passa pela qualidade e a duração da reabilitação, que visa e recuperação total da fisiologia do cotovelo (fazem-se em geral 30 sessões).