Entre em contato:

What'sApp: (21) 979640613
E-mail: atendimento@shopmedical.com.br
Visite nossa loja: www.shopmedical.com.br

quarta-feira, 27 de março de 2013

Gelo ou Calor?

Essa dúvida é comum, e quando olhamos a literatura médica a respeito temos algumas boas respostas, mas ainda algumas dúvidas.

1. Gelo: a melhor hora para usar é na fase aguda, logo após um problema que acabou de ocorrer (uma torção de tornozelo, um problema súbito de estiramento muscular, uma pancada, somente para citar alguns exemplos). O gelo deve ser usado em um saco plástico, para evitar o contato direto com a pele, diminuindo a chance de ter queimaduras (que não são tão raras assim). O tempo necessário é no mínimo 20 minutos e no máximo 30 minutos, dependendo da área afetada. Se você está aplicando isso numa lesão muscular (que causa geralmente problemas mais profundos) o mais importante é a compressão que se usa junto com o gelo, para se evitar a formação de um grande hematoma, que pode formar uma grande fibrose ao longo do processo de cura (e isso é ruim para o músculo, no futuro).

O gelo também é um bom mecanismo analgésico para o pós-operatório de algumas cirurgias, principalmente joelho e ombro. Existem até mesmo aparelhos específicos para que se use o gelo ou a água gelada de forma mais simples, mas infelizmente esses produtos ainda são muito caros em nosso país - algumas clínicas e hospitais disponibilizam para os pacientes, mas somente aqueles que dispõem de um serviço bom de fisioterapia hospitalar. 


O que não se deve fazer é usar o gelo por muito tempo (20 minutos, por exemplo) e voltar para a prática esportiva. Você até pode usar o gelo por alguns minutos (2 a 3 minutos), mas se usou por muito tempo a unidade motora pode ficar comprometida, e causar lesões quando você por correr ou jogar o seu futebol, por exemplo. 

2. Calor: não deve ser usado em contusões agudas, pois pode aumentar o processo inflamatório inicial, e logicamente com isso piorar a dor. O uso do calor normalmente é reservado a quadros musculares mais crônicos, em associação com outros métodos de fisioterapia - como frequentemente vemos nas dores lombares, nas contraturas musculares e nas artrites. Especificamente nos joelho o calor ajuda muito os quadros crônicos de dor, e existem até mesmo algumas pomadas no mercado que fazem o aumento da temperatura no local onde estão sendo aplicadas. 

O mais importante é você usar gelo ou calor para aliviar as dores enquanto espera uma consulta médica, pois nada melhor do que saber logo o que tem para tratar de forma adequada. 


Fonte: http://www.neo.org.br

Tipóia Crio com Bolsa de Gelo Salvapé