Entre em contato:

What'sApp: (21) 979640613
E-mail: atendimento@shopmedical.com.br
Visite nossa loja: www.shopmedical.com.br

domingo, 29 de janeiro de 2012

Ortopedista ensina a escolher a mochila ideal

O modelo deve ser confortável e ter o peso adequado à criança.






Ao escolher a mochila para o início das aulas, os pais devem procurar modelos confortáveis e com peso específico para o tamanho da criança. Essa é a principal recomendação do ortopedista Maurício Póvoa Barbosa, membro da Sociedade Brasileira de
Ortopedia e Traumatologia.

Para ele, os modelos de rodinhas são mais indicados para crianças de até seis ou sete anos, pois permitem carregar um pouco mais de peso e se adequam a altura do estudante.

- Esses modelos permitem carregar até 20% do peso da criança, mas é importante considerar o ambiente da escola. Se tiver escadas, ela precisará reduzir a quantidade de material.

Além disso, é preciso alternar os braços na hora de carregar, pois isso muda a intensidade de contração nos músculos e evita dores.
No caso das crianças maiores, que já usam modelos pendurados nas costas, o ideal é reduzir mais ainda o peso.

- A mochila de alças deve ter 10% do peso da criança. Isso significa que se um menino pesa 40 quilos, seu material precisa ter, no máximo, 4 quilos.

O ortopedista indica modelos com alças largas e acolchoadas, que devem ser ajustadas de modo que a mochila fique bem justa na coluna, garantindo a distribuição correta do peso.

O que levarO começo do ano é a época mais complicada para as crianças, pois elas ainda não sabem ao certo quais materiais vão precisar e também se empolgam em mostrar tudo o que compraram aos colegas. Por isso, Barbosa recomenda aos pais fiscalizarem diariamente a organização do material.

- Certifique-se se na escola não há um espaço para deixar dicionários e livros que não são usados diariamente. Isso reduz muito o peso da mochila. Se não for possível, vale ficar de olho no cronograma de aulas e garantir que os estudantes não levem mais coisas do que vão precisar no dia. 



Fonte: www.noticias.r7.com