Entre em contato:

What'sApp: (21) 979640613
E-mail: atendimento@shopmedical.com.br
Visite nossa loja: www.shopmedical.com.br

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Sono na medida certa pode livrar adolescentes da diabetes


                        Um novo estudo mostrou que dormir entre sete horas e meia e oito horas e meia por noite mantém a insulina e o açúcar no sangue em um nível ideal. Este foi o resultado de um estudo feito por pediatras do Hospital Infantil da Filadélfia, nos Estados Unidos, e publicado na revista Diabetes Care e no jornal Telegrafy. 62 adolescentes obesos – grupo que está mais propenso a desenvolver a diabetes – com idade média de 14 anos participaram da pesquisa. Eles foram monitorados ao longo de um dia e meio, durante o qual os seus níveis de açúcar no sangue foram testados e seus padrões de sono foram analisados pelos pesquisadores.
 
                          Passar mais ou menos tempo que isso dormindo aumentou a chance de níveis de glicose elevados, enquanto que uma menor quantidade de “sono profundo” causou queda nos níveis de insulina. 

                          Ou seja, não adianta dormir o tempo estimado como suficiente, se os estágios do sono não forem tranquilos de modo a garantir que o período conhecido como “sono profundo” tenha duração razoável.

                          A descoberta significa que um padrão de sono saudável pode ajudar a afastar o aparecimento da diabetes nos pacientes.Dr. Dorit Koren, endocrinologista pediátrica do hospital, que liderou o estudo, disse que ele apoia pesquisas anteriores que mostraram que adultos privados de sono apresentam um risco maior de diabetes tipo dois. “Sabemos que três em cada quatro alunos do ensino médio dizem dormir em quantidade insuficiente”, afirmou a especialista. “Nosso estudo descobriu que, para manter os níveis de glicose estáveis, a quantidade ideal de sono para os adolescentes é 7,5 a 8,5 horas por noite”, completou.Os pesquisadores vão agora tentar confirmar seus resultados através da realização de uma análise semelhante nas casas dos adolescentes obesos, e não em laboratório.“Entretanto, nosso estudo reforça a ideia de que dormir o suficiente na adolescência pode ajudar a proteger contra o diabetes tipo 2″, diz o Dr. Koren.